assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579-1242

Assistência Social de Selvíria destina parte de recurso do FIS para construção de casas

06 de Setembro de 2018
20:57

Assistência Social de Selvíria destina parte de recurso do FIS para construção de casas à famílias de baixa renda do município que estavam em situação de risco

A Secretaria de Assistência Social, por meio de projetos técnicos sociais e de recurso oriundo do FIS – Fundo de Investimento Social, irá construir 3 novas residências para famílias de baixa renda do município. As construções serão feitas devido à situação crítica de calamidade das casas em que habitavam, as quais foram constatados – entre outros sérios problemas – riscos de desabamento.

Os casos já eram antigos, existentes já há alguns anos, e devido a uma economia feita desde ano passado, a pasta gestora conseguiu juntar o montante – aproximadamente R$ 170 mil – para as obras. “A gente vem desde ano passado fazendo algumas economias, e contabilizando o recurso para que também não faltasse para outras prioridades do cotidiano, como as cestas básicas para todo o ano e as de Dezembro (cestas de natal), também já contabilizadas”, informou a secretária de Assistência Social, Tatiane Araújo da Paz.

O processo para as construções aconteceu por meio de estudo social e socioeconomico, e através desses, foram feitos projetos tecnicos pelas técnicas sociais do CRAS – Centro de Referência da Assistência Social, Michely Mayara Lima e Daiane dos Santos Fermino, que têm acompanhado os casos. Também é incluido no processo, projeto tecnico de construção civil através da Secretaria de Obras.

“Os estudos e projetos, depois de elaborados, são passados para o Conselho Municipal de Assistência Social, para análise e aprovação. E após a conclusão da análise e aprovação do projeto, a pasta gestora tendo o valor para a execução do mesmo, é dado o seguimento para execução das obras”, explicou a diretora de departamento, Elizabete Aparecida de Souza.

Sobre a situação de uma das residências, a secretária Tatiane informou: “Uma das residências inclusive passou por incêndio, danificando totalmente sua estrutura”. E ainda destacou: “Nosso objetivo é promover e proporcinar melhores condições de vida para as famílias de toda a comunidade, principalmente nestes casos, tirando-as de situações que possam as ofecer riscos. Agradecemos à todos os envolvidos nesses projetos, que muito em breve estarão concluídos”.

Sobre abrigo para as famílias, a secretária também comentou: “Duas famílias estão por enquanto, abrigadas em outras residências através do benefício assistencial temporário do Governo Federal, Aluguel Social, e a outra está com familiares, até o término das construções”.

As obras serão realizadas nos mesmas propriedades das residências, e começarão já na próxima semana, pela empresa ganhadora da licitação, Construtora Gomes Ltda-EPP, com prazo para o término de até 180 dias.

Por: Assessoria de Comunicação.






Matéria não encontrada!