...
assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579 1243
Atendimento das 08h às 12h e das 14h às 17h (Brasília)

AGRAER contempla produtores rurais de Selvíria

AGRAER contempla produtores rurais de Selvíria com quatro ordenhadeiras através de programa Leite Forte O equipamento é de grande importância para a produção de leite com mais qualidade, e coordenador prevê a vinda de mais equipamentos para o município em breve

02 de Fevereiro de 2017
15:56

Na manhã da última quarta-feira (01), foi realizada a entrega de quatro ordenhadeiras a quatro produtores rurais do município de Selvíria. O equipamento foi adquirido pela AGRAER (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) através do programa do governo estadual Leite Forte, e cedido aos produtores cadastrados do programa. 
Os quatro produtores contemplados foram: Pedro Martins Queiroz (propriedade rural próxima a cidade); Nadir José Bento (Assentamento Alecrim); Irenilda dos Santos (Assentamento São Joaquim) e Marcos Sabino Candido (Assentamento Canoas). O prefeito de Selvíria, José Fernando Barbosa, acompanhou a montagem do 1º equipamento - que foi feita na propriedade do Sr. Pedro Martins – juntamente com vereadores, com o coordenador técnico municipal da AGRAER, Wesley Souza e também com Leandro Santos Fermino, responsável pela pasta da Agricultura.
O programa Leite Forte tem como objetivo geral estruturar a cadeia produtiva do leite, fortalecendo seus elos com a promoção do aumento da produção, da produtividade e da qualidade do leite, aliado à agregação de valor ao produto final, geração de empregos e renda, possibilitando a sustentabilidade socioeconômica e ambiental de atividade. O programa atende produtores com até quatro módulos fiscais (equivalente a 140 hectares).
Em Selvíria, cerca de 12 produtores rurais estão cadastrados no programa Leite Forte, entretanto para ser contemplado com o recebimento de equipamentos, é preciso ter a produção de leite acima de 90 litros por dia. 
Segundo o Coordenador técnico, Wesley, o equipamento é de grande importância para os produtores, e oferecendo qualidade e incentivo aos mesmos. “Na ordenha manual o produtor costuma ter problemas com o tempo, higiene e, principalmente com a qualidade do leite. E através das ordenhadeiras mecânicas esses empecilhos ficarão pra trás, os produtores terão o leite com mais qualidade, incentivando a produção do leite para esses e outros produtores. Em breve, pelo o que tudo indica, logo estaremos trazendo mais equipamentos como estes, também para outros produtores cadastrados no programa. Nosso objetivo é oferecer apoio técnico, e incentivo.” ressaltou.

Fonte: Assessoria de Comunicação









Matéria não encontrada!