assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579-1242

Gripe: fatores de risco e medidas de prevenção – Por Dr. Rodolfo Blini

15 de Maio de 2018
10:51

É muito importante a população saber a gravidade da gripe H3N2, pois se trata de um subtipo do vírus da influenza A. Esses vírus são altamente transmissíveis, ocorrendo através de secreções respiratórias, como gotículas de saliva, após a pessoa contaminada tossir, espirrar ou até falar.

Seus sintomas geralmente aparecem de forma repentina, com febre, vermelhidão no rosto, dores no corpo e cansaço. Entre o segundo e o quarto dia, os sintomas das dores no corpo tendem a diminuir, enquanto os sintomas respiratórios começam a sofrer com a doença, apresentando sinais de tosse seca, falta de ar com complicações sistêmicas podendo levar a óbito.

Fatores de risco

Como qualquer gripe todos nós estamos suscetíveis ao vírus, porém os idosos, crianças, imunossuprimidos, gestantes e puérperas tem maior chance de desenvolver a forma grave da doença.

Medidas de prevenção

A vacina da gripe é a melhor maneira de evitar a gripe e suas complicações, ela previne aproximadamente 70-90% dos casos de gripe, além disso, evitar lugares aglomerados como hospitais e postos de saúde, pois o risco de foco e contaminação é eminente. Oriento a população a procurar o hospital somente em caso de emergência. Ter uma alimentação saudável; bem como se manter hidratado; lavar sempre as mãos, fazer uso do álcool em gel e ingerir vitamina C  – que está presente nas frutas cítricas –, são cuidados importantes para manter o sistema imune. Caso seja necessário procure o médico.

Horários de atendimento

Os atendimentos pelo clínico geral, Dr. Rodolfo, são no CEM de Selvíria (Centro de Especialidades Médicas), de segunda à sexta-feira, à partir das 19h, e nos mesmos dias, no ESF II (bairro Véstia), das 07h às 12h, e das 14h às 17h.

 

Matéria não encontrada!