assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579-1242

Cras e Secretaria de Saude de Selvíria realizam encontros no município sobre ações preventivas contra o mosquito Aedes Aegypti

21 de Setembro de 2017
14:05


O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde promoveu dois encontros com a população, com o foco direcionado aos beneficiários do Programa Bolsa Família, e demais famílias atendidas pelo Centro de Referência; sobre ações preventivas contra o mosquito Aedes Aegypti. 
Os encontros aconteceram com início às 19hrs, no dias 13 (quarta-feira), na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento  de Vínculos - Ser Mais II (bairro Véstia), e no dia 18 (segunda-feira), na sede do CRAS. Nas ocasiões, fizeram o uso da palavra, a fiscal de vigilância sanitária, Jeane Alves de Jesus; o diretor no setor de Vigilência em Saúde e Epidemiologia, Roberto Cecílio da Silva; e a psicóloga técnica, Cristiane Tanaka.  
Cristiane Tanaka, contou que as reuniões acontecem mensalmente, nas duas localidades, e que sempre abordam temas diferentes, buscando sempre temas socioeducativos. Neste mês, a ação aconteceu em conjunto com a Secretaria da Saúde, aproveitando-se o recente acontecimento do arrastão contra a o vetor, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus (Aedes Aegypti), para reforçar as informações e direciona-las a esse público. 
A equipe da Saúde, e a psicóloga técnica do CRAS, passaram aos presentes nos encontros, a importância de ações preventivas para se evitar grandes transtornos, que se não feitas corretamente, podem evoluir para epidemias, por exemplo; com a vinda da temporada de chuvas. “São cuidados diários, essa causa é de todos nós, não podemos deixar que somente o poder público tome providencias por nós. Os principais cuidados começam dentro dos quintais de nossas casas”, comentou, Jeane de Jesus.
O Arrastão que teve como tema: “Cidade Limpa: Dengue Zero”, aconteceu em Selvíria, no período de 11 à 14, e contemplou toda cidade de Selvíria, incluindo o bairro Guadalupe do Alto Paraná (véstia). Os serviços contaram com limpezas em nas vias, terrenos baldios e casas, contando com a eliminação de possíveis focos do vetor, transmissor das referidas doenças.

Por: Assessoria de Comunicação.






Matéria não encontrada!