...
assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579 1243
Atendimento das 08h às 12h e das 14h às 17h (Brasília)

MS é destaque na abertura dos trabalhos técnicos do fórum da Bioceânica, no Chile

24 de Novembro de 2022
09:45

O embaixador do Brasil no Chile, Paulo Pacheco, e os representantes do Paraguai e Argentina fizeram menção de destaque a presença da delegação de prefeitos de Mato Grosso do Sul no Fórum Internacional da Rota Bioceânica, que está sendo realizado em Antofagasta, litoral chileno do Pacífico. Reunião das comissões temáticas já foi realizada, preparando a pauta de trabalho para o fórum, acontece até sexta (25).

 “Fiquei muito satisfeito e considerado de grande importância a iniciativa dos prefeitos de Mato Grosso do Sul que chegarem ao Chile percorrendo os mais de 1.800 quilômetros do Corredor Bioceânico, nos trazendo e relatando a experiência do trajeto”, disse o embaixador. Ele citou que as obras de infraestrutura estão avançando, “porém existem questões de natureza burocrática e aduaneiras, que precisam ser superadas em encontros como este fórum”.

 A reunião do grupo de trabalho do encontro foi realizada no Hotel Antofagasta, com a participação dos onze prefeitos de Mato Grosso do Sul que integram a comitiva. O prefeito de Selvíria, José Fernando Barbosa dos Santos, está entre eles.

Na avaliação do embaixador Paulo Pacheco, a rota estará operando em definitivo a partir de janeiro de 2025, com a conclusão da ponte internacional e as obras complementares e a definição dos acordos aduaneiros, os quais, segundo ele, são prioridades do Brasil. “O corredor é um projeto estratégico, vai permitir uma saída mais rápida, eficiente e econômica dos nossos produtos para os centros mais dinâmicos do mercado mundial, em especial o asiático”, frisou.

Mato Grosso do Sul participa de todas as comissões que formam o grupo de trabalho do fórum. A abertura oficial foi na noite desta quarta-feira (23), com reunião plenária dos governadores dos quatro países e demais autoridades e apresentação de estudos sobre a viabilidade do projeto de integração, incluindo um trabalho do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), do Brasil. O representante do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, José Carlos Parkison, falará no evento por videoconferência.

Com a rota bioceânica, cargas de produtos diversos do Brasil, especialmente da região Centro-Oeste, virão por rodovia e seguirão pelo Paraguai, Argentina e Chile até chegar a dois portos do Chile, de onde partem de navio para a Ásia. O percurso vai cair para 18,6 mil km, trazendo uma enorme economia com a logística, deixando os produtos com preços mais competitivos no mercado.

Segundo o prefeito José Fernando Barbosa dos Santos, que integra o grupo, a rota vai encurtar a distância para a exportação do que é produzido no Mato Grosso do Sul. “É uma porta que se abre não só para o Mato Grosso do Sul e o Centro-Oeste, tornando o Estado mais competitivo, mas também para a nossa região, que possui grandes empresas exportadoras, onde muitos moradores de Selvíria trabalham. É uma nova realidade que está surgindo, onde todos ganham”, disse o prefeito.

Por: ASSECOM com informações do Governo do Estado de MS

Matéria não encontrada!