assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579-1242

CREAS de Selvíria realiza ações de sensibilização e mobilização no município, seguindo campanha Agosto Lilás, instituída em Mato Grosso do Sul

12 de Agosto de 2017
13:09

Nesta semana, o CREAS de Selvíria (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), em parceria com a Secretaria de Assistência Social, e Prefeitura, realizou ações no município, seguindo a campanha instituída no Estado de Mato Grosso do Sul, do Agosto Lilás, que consiste em voltar à atenção da população ao tema: “Violência Contra a Mulher é Crime. Denuncie!”. Foram feitas panfletagens pelo centro da cidade, no bairro Véstia, e em repartições públicas, bem como, dois encontros de rodas de conversa. 
Neste ano a Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, denominada: Maria da Penha, contra violência à mulher – que pode ser: física, moral, sexual, patrimonial e, ou psicológica –está completando em 2017, 11 anos de existência. A Lei é o principal tema abordado em palestras, encontros, debates, panfletagens, e seminários promovidos por meio da campanha Agosto Lilás, e demais eventos ligados ao tema.
No município é a primeira campanha realizada sobre o assunto, abrangendo a população por meio de panfletagens e reuniões. Segundo Katia Ferraz, coordenadora no CREAS, “as ações todas foram feitas, com o intuito de provocar conscientização e uma mobilização na comunidade sobre essa causa”, explicou. As panfletagens foram realizadas na manhã do dia 8 (terça-feira), no centro da cidade, e no bairro Véstia. Nos dias 9 e 10 (quarta, e quinta-feira), as rodas de conversa foram feitas no auditório da Assistência Social (centro), e no ESF I, no bairro Véstia, com início às 19hrs.
Nas rodas de conversa, o Dr. José Maria Rocha, advogado do CREAS, falou sobre a lei e seus fundamentos aos participantes, dando orientações e explicações, sobre o tema principal. O primeiro dia do encontro também contou com a participação do ISA Mulher, da cidade de Ilha Solteira, que é um coletivo de mulheres, que se propõe a discutir representatividade e empoderamento feminino perante a sociedade; com ações voltadas ao combate à violência contra a mulher. 
Estiveram presentes, a secretária de Assitência Social, Tatiane Araújo da Paz; o prefeito, José Fernando Barbosa; o delegado, Fernando Casati; o aspirante à oficial, Aleixo; cabo, Barbosa, equipes do CREAS e da pasta de Assistência Social; do coletivo Isa Mulher, Marcia Rodrigues Rocha; Jackeline Santos; Maria Emilia Jusson; e Mayara dos Santos. 
“O objetivo dessas ações, foi de promover conscientização na comunidade, sobre a violência contra a mulher, pois é inadmissível, que ainda em tempos atuais tenhamos que conviver com agressões que vão desde físicas às morais. Qualquer tipo de violência deve ser combatida. Ressaltamos, que em casos de emergências, a mulher, deve ligar para o 190, número da Polícia militar, ou para denúncias, ligar para o 180, Central de atendimento à Mulher. Para os casos de denúncias, não é preciso se identificar, e esse, muitas vezes é o maior medo das pessoas”, informou a coordenadora, katia.

Por: Assessoria de Comunicação







Matéria não encontrada!