assecom@selviria.ms.gov.br
(67) 3579 1243
Atendimento das 08h às 14h (Brasília)

Ações da Secretaria Municipal de Assistência Social mudam a vida dos selvirense

09 de Maio de 2019
15:51

A Secretaria Municipal de Assistência Social, coordenada pela secretária Tatiane Araújo da Paz, monitora e fomenta diversos programas e serviços regidos pelas diretrizes das leis que buscam garantir o atendimento às necessidades básicas da população por meio de iniciativas baseadas em cidadania e inclusão social. Nesta oportunidade, são pontuadas algumas ações que merecem destaque.

A Secretaria agrega e administra diversas unidades de atendimento, a saber: CRAS, CREAS, Ser Mais I e II, Unidade de Acolhimento Menino Jesus, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA), Conselho Municipal do Idoso (CMI), Comitê do Fundo de Investimento Social (FIS) e Vigilância Sócio assistencial.

No período 2017/2019, o Órgão adquiriu uniformes para alunos do Ser Mais I e II; realizou a entrega de três (03) unidades habitacionais (com recursos do FIS); entregou mais de 1.400 cestas de natal, mais de 1.500 cestas básicas em atendimento de benefícios eventuais (quantidade que tem aumentado anualmente); entregou mais de 800 cobertores; realizou mais de mil (1.000) viagens transportando moradores do município para diversas cidades do estado e estados vizinhos, para tratar de assuntos diversos junto ao INSS e Fórum.

Investimentos financeiros: No ano de 2017 investiu a cifra de R$ 549.902,74, em 2018; recursos próprios R$ 981.449,54; FIS (cestas e unidades habitacionais);  R$ 355.429,00 – FIS 2018); FEAS (Governo Federal) R$ 70.183,57; FNAS (Governo Federal) R$ 91.901,58, valor distribuído para benefícios eventuais em 2018 R$ 55.199,52 -  (FEAS) R$ 30.223,57; parcerias (Termo de Colaboração com Entidades): recursos próprios: Lar do Idoso R$ 54.560,00, Caminho de Emaus R$ 15.840 e CCMI R$ 10.320,00; Cadastro único: Em 2018 o Bolsa Família assistiu aproximadamente 320 famílias.

Além das atividades de rotina, a Assistência Social realiza visitas domiciliares, atendimento à mais de 230 crianças (Ser Mais I e II e Unidade de Acolhimento à Crianças e Adolescentes Menino Jesus); ações comunitárias: realização de eventos comemorativos (dia das mães, dos pais,  das crianças, páscoa, natal, além de eventos pontuais); ofertou cursos de capacitação profissional para todos os técnicos, conselheiros, monitores, entrevistadores, cursos em parceria com a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio/SENAR; Atendimentos Sociais: CRAS 2.751, CREAS (violação dos direitos de idosos, crianças e mulheres) 352; acompanhamento à beneficiários de casas populares, (AGEHAB), com regularização de contratos e dívidas; iniciou recentemente o processo de regularização fundiária urbana (Selvíria e bairro Véstia), em acordo com a Diocese de Três Lagoas e Defensoria Pública.

Inovação em 2019: agendamento para atendimento junto ao INSS (no CRAS) para que as pessoas não tenham a necessidade de se deslocar do município para tal. Também foram adquiridos dois (02) veículos novos, entre outros.

“Apesar da significativa redução do repasse de recursos federais, com muito esforço e empenho da Prefeitura e Câmara Municipal, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social, está sendo possível manter e ampliar os serviços ofertados, garantindo o atendimento das necessidades básicas da população do município”, comentaram a diretora de Programas Sociais, Elizabete Teixeira e a secretária municipal de Assistência Social, Tatiane Araújo da Paz.